Em foco

Microsoft mexe no “controlo” para pais gerirem o tempo que os filhos gastam com apps e jogos

A opção já existia aplicada aos dispositivos, mas agora passa a permitir definir limites de tempo de utilização relativamente a aplicações e jogos em específico.

Data: 11.10.2019

Microsoft mexe no “controlo” para pais gerirem o tempo que os filhos gastam com apps e jogos

A partir do blog oficial do Windows, a Microsoft anuncia que adicionou novas especificações à área de gestão familiar ou, o mesmo que dizer, às funcionalidades de controlo parental.


Até agora aplicadas consoante o dispositivo, as possibilidades de controlo de tempo passam a abranger as apps ou jogos específicos, acedidos a partir de PCs com Windows 10, da Xbox One e de terminais Android com o Microsoft Launcher instalado.


No post publicado, Mouna Sidi Hida, responsável pela área de Product and Strategy, Family Audience, explica que, em vez de limites gerais para o tempo gasto com determinado dispositivo, os pais podem agora estabelecer limites para determinada aplicação ou jogo. O serviço Netflix serve de exemplo. “Isso significa que uma hora da Netflix por dia é uma hora da Netflix por dia”, mesmo que se alterne entre o PC e o smartphone.


Além disso, os novos recursos também passaram a incluir uma granularidade adicional para distinguir entre os dias de semana e o fim de semana, permitindo a escolha de uma variedade de janelas de tempo diferentes.


tek novas opções de controlo parental MS
Fonte: Microsoft


Essencialmente, as novidades querem facilitar o equilíbrio entre a utilização dos dispositivos para lazer e para o resto. “O nosso objetivo é que o recurso de limitação de apps e jogos funcione como uma ferramenta flexível e personalizável para dar resposta às necessidades exclusivas de cada família. Vocês, como pais, sabem o que é melhor para os vossos filhos - nenhuma tecnologia pode substituir isso -, mas esperamos que estes recursos vos possam ajudar a encontrar o equilíbrio certo”.


O recurso está disponível, em preview, a partir da página de grupo de família da conta Microsoft.


Fonte: Sapo Tek



Voltar