Em foco

LTE-Advanced avança na América Latina

A tecnologia LTE-Advanced avançou na América Latina em 2018, segundo levantamento da entidade setorial 5G Americas divulgado nesta quarta-feira, 13.

Data: 14.03.2019

LTE-Advanced avança na América Latina

Cinco países adicionaram a evolução da 4G por meio de agregação de portadoras, o que significa que agora, 13 dos 20 países da região já contam com essas redes. Nas contas da entidade, as redes LTE-Advanced têm sido disponibilizadas em média 46 meses – ou cerca de quatro anos – após o lançamento do LTE tradicional.


Ao final de 2017, o bloco latino-americano contava com apenas oito mercados com redes LTE-Advanced comerciais, mas de janeiro a dezembro de 2018, a tecnologia passou a ser adotada pela primeira vez na Colômbia, Costa Rica, Guatemala, México e Panamá. Quatro desses países – Costa Rica, México, Colômbia e Panamá – licenciaram espectro durante o ano passado (respectivamente em janeiro, março, março também e junho). A 5G Americas afirma que Bolívia, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Paraguai e Venezuela ainda não contam com o recurso.


No Brasil, o lançamento da primeira rede comercial 4G foi em dezembro de 2012, após o leilão da faixa de 2,5 GHz em julho daquele mesmo ano. O LTE-Advanced começou a ser implantado comercialmente no País em junho de 2016. Vale ressaltar que a 5G Americas não diferenciou o LTE-Advanced do padrão seguinte, o LTE-Advanced Pro.


Fonte: Teletime



Voltar