Em foco

Regresso da Google à China será feito graças a 'Cavalo de Tróia'

A tecnológica de Mountain View comprou em 2008 um site através do qual tem conseguido estudar o mercado chinês.

Data: 10.08.2018

Regresso da Google à China será feito graças a 'Cavalo de Tróia'

Tudo indica que a Google pretende regressar ao mercado chinês em breve com um motor de busca e uma app de notícias, sendo que ambos os serviços bloquearão determinados termos censurados pelo governo chinês. A possibilidade surpreendeu a maioria dos seguidores da tecnológica de Mountain View mas, de acordo com novos detalhes revelado pelo The Intercept, parece que esta iniciativa faz parte de uma estratégia a longo-prazo da empresa.


Diz a publicação que um site adquirido pela Google em 2008, o 256.com, tem servido para a empresa estudar o mercado chinês, nomeadamente no que diz respeito ao tipo de pesquisas feitas pelos internautas. Ao que parece, a Google recolhia dados através deste site e só depois os enviava para a Baidu, a sua grande rival no território.


O 256.com tem servido então como um autêntico ‘cavalo de Tróia’ da Google, um elemento dentro da China que tem sido aproveitado para estudar e recolher dados que podem vir a ser cruciais para um regresso pleno da gigante tecnológica. O CEO da Baidu já fez questão de dizer que está preparado para a concorrência da Google, apontando que as empresas chinesas estão agora melhor preparadas.


Fonte: Techaominuto



Voltar