Em foco

Doze equipas angolanas no concurso regional de programação

Doze equipas de oito instituições de ensino superior angolanas representarão o país no 19º Concurso Regional Sul-africano de Programação (ACM-ICPC), a realizar-se no dia 21 deste mês de forma online.

Data: 10.10.2017

Doze equipas angolanas no concurso regional de programação

Luanda - Doze equipas de oito instituições de ensino superior angolanas representarão o país no 19º Concurso Regional Sul-africano de Programação (ACM-ICPC), a realizar-se no dia 21 deste mês de forma online.
De acordo com uma nota de imprensa do Instituto Superior de Tecnologias de Informação e Comunicação (ISUTIC), a que a Abgop teve hoje (segunda-feira) acesso, as equipas angolanas estão distribuídas em cinco do ISUTIC, uma do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) Huíla e igual número para o Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências (ISPTEC).
Igualmente, de acordo com o informe, os institutos Superior Politécnico do Huambo (ISPH), Superior Politécnico do Kwanza Sul (ISPKS), Superior Politécnico Internacional de Angola (ISIA) e as universidades Independente de Angola (UNIA) e Metodista de Angola (UMA) estarão representadas com uma equipa cada.
O 19º Concurso Regional Sul Africano de Programação (ACM-ICPC) visa o apuramento das melhores equipas das regiões para representarem os continentes na Final Mundial, em Abril de 2018, na China.
O concurso nacional realizou-se nos dias 29 e 30 do passado mês, no ISUTIC, sede do evento no país, e de acordo com a organização existem ainda ttrês vagas para os que pretendam participar deste concurso de dimensão internacional.
Para o efeito, devem consultar o site “Guia de inscrição no 19º Concurso ACM-ICPC Regional Sul-africano”.
As equipas angolanas vão participar neste concurso online a partir da sede em Angola hospedada no Instituto Superior de Tecnologias de Informação e Comunicação (ISUTIC).
Neste ano de 2017, espera-se a participação (online) de países como Angola, Burquina Faso, Benin, Camarões, Etiópia, Kénia, Mauritânia, Namíbia, Níger, Nigéria, Togo e África do Sul.


Fonte: Telesíntese



Voltar