Em foco

Angola: Técnicos da REMA capacitados em matérias sobre Certificação da Microsoft

Trinta e cinco técnicos, entre directores e administradores das tecnologias de informação da Rede das Mediatecas de Angola (REMA), terminaram hoje, sexta-feira, uma acção de formação de formadores em matérias ligadas a certificação da Academia Imagem Microsoft.

Data: 17.07.2017

Angola: Técnicos da REMA capacitados em matérias sobre Certificação da Microsoft

Cazenga - Trinta e cinco técnicos, entre directores e administradores das tecnologias de informação da Rede das Mediatecas de Angola (REMA), terminaram hoje, sexta-feira, uma acção de formação de formadores em matérias ligadas a certificação da Academia Imagem Microsoft.
Realizada na Mediateca "Zé Dú", no município do Cazenga, em Luanda, a formação teve como objectivo capacitar os técnicos e quadros da REMA a implementar o projecto Academy Imagine da Microsoft para a certificação dos quadros nacionais nas tecnologias de informação, numa iniciativa do Executivo angolano.
Durante cinco dias, os participantes provenientes dos diferentes pontos do país, abordaram temas ligados a introdução a imagem académica, benefícios do programa, abrangência das certificações, tecnologias associadas a Microsoft e baixar consolo 8 da Mediateca de Luanda.
Ainda, actualizar, baixar, admissões através de MOS e MTA, o que é office, seus benefícios, criação e activação da conta, administração HR, pontos de colaboração, redes sociais internas, yammer, equipas Microsoft, bem como certificação, foram ministradas durante o curso.
Na ocasião, o Assessor do coordenador para os assuntos institucionais e intercâmbio da REMA, Bengui Sousa disse que a instituição assinou em Fevereiro de 2017, um protocolo em vigor na UNESCO para a implementação da Academia Microsoft em Angola.
No seu entender a Academia Microsoft, é uma universidade criada via Online com parâmetros da UNESCO, onde se deve cumprir todos os requisitos para uma educação de qualidade, traves de pacotes de certificação ligadas as Tecnologias de Comunicação e Informação (TICs).
Com esta formação, prosseguiu, o país estará em condições de validar todas as competências técnicas ligadas das TICs, passando as pessoas que possuem formação e dominam o Microsoft Office365 terão certificações a partir das Mediatecas.
" Os que dominam o Office, na óptica do utilizador, sem a certificação internacional, não terão necessidade de depender de outros países a exemplo da África do Sul, com a efectivação da academia Microsoft em Angola", disse.
Bengui Sousa explicou que os quadros angolanos estarão em condições de competir, em termos das Tecnologias de Informação, com outros países porque possuem conhecimentos sobre a matéria.
Para o responsável, esta apostas do Executivo é uma mais-valia para as populações angolanas, sobretudo na qualidade de ensino, desde o ensino de base ao superior.
A maior do país, a mediateca "Zé Dú", localizada na rua dos Comandos, município do Cazenga, em Luanda, foi construída numa área de 15 mil metros quadrados e tem a capacidade de receber diariamente mais de 500 visitantes.
É composta de informação de 35 porcentos de livros físicos e 65 porcentos em informação electrónica, estão disponíveis 12 mil livros, 350 mil conteúdos electrónicos, 500 DVDs e CDs.


Fonte: Angola Press 



Voltar